243 769 614
Caracterização

Actualmente o Vale de Santarém tem um povoamento de tipo poli-nucleado que de forma acentuada marca e condiciona a vivência social e comunitária da Freguesia.

Com efeito a Vila desenvolve-se em dois espaços autónomos separados geograficamente por algumas centenas de metros:

A ZONA HISTÓRICA, verdadeira génese da Vila do Vale de Santarém, situa-se na área mais baixa da Freguesia e espraiou-se ao longo das principais vias rodoviárias construídas no decorrer dos anos:

■ Estrada Nacional 3 / Rua José Garcês Pereira Caldas / Rua José Matias Júnior;

■ Rua Luís Augusto Rebelo da Silva / Rua do Rio das Patas / Rua do Moinho de Cima

■ Rua Marquesa da Ribeira Grande, Zona de Cabeços e Zona de Cadima;

O ALTO DO VALE, nova zona habitacional que se abre à esquerda, mas sobretudo à direita da Estrada Nacional 3 no sentido Norte/Sul, e que, fruto da ausência de um Plano de Urbanização da Freguesia, é caracterizada por uma implantação habitacional em propriedades inseridas em áreas de caracterização florestal, com dimensão média de 1500 a3000 m2.

O VALE DE SANTARÉM é, sob o ponto de vista populacional, a segunda maior freguesia fora da sede de concelho de Santarém. Segundo os dados do censo de 2011, conta com 2932 habitantes (1403 homens e 1517 mulheres), existindo 2611 eleitores.

A freguesia conta com uma área de 10,525 km2, e encontra-se a 7 km da sede do concelho e a 6km do Cartaxo e a 65km de Lisboa. O Vale de Santarém faz fronteira com a União das Freguesias de Santarém, e as freguesias de Almoster, Póvoa da Isenta e Vila Chã de Ourique, esta no concelho do Cartaxo.

Em termos de acessibilidades, a freguesia está servida por carreiras regulares de camionagem que circulam predominantemente pela EN3, por uma praça com dois táxis e por um apeadeiro da CP na Linha do Norte onde param de hora a hora comboios regionais com destino a Lisboa e Entroncamento/Tomar. O Vale de Santarém tem acesso fácil, cerca de 10 km, às autoestradas A1, A13,e A15.

No plano da saúde a freguesia é servida por uma extensão da Unidade de Saúde Familiar Almeida Garrett com consultas médicas e de enfermagem diárias. Existe ainda uma Farmácia que funciona de 2ª a Sábado das 9 às 20h bem como um centro de recolha de sangue para análises clínicas. Com centenas de associados existe ainda o Grupo de Dadores Benévolos de Sangue do Vale de Santarém, que tantos e tão bons serviços tem prestado ao Vale e à comunidade.

 

 

 A freguesia recorre e é servida pelo Hospital Distrital de Santarém.

Em termos de educação, a freguesia acolhe entre instituições públicas e privadas um total de 323 crianças. Existem uma escola pública com 115 alunos, um Jardim de Infância público com 50 crianças, e ainda um outro Jardim de Infância pertencente à IPSS CES - Fonte Boa que acolhe 97 crianças entre os 3 e os 6 anos e ainda uma creche que recebe 61 bebés entre os 4 meses e os 3 anos. Na freguesia funciona ainda o Centro de Formação Aristides Graça pertencente à APPACDM

No plano do desporto, cultura e lazer a freguesia é servida por um campo de futebol de 11 com os respectivos balneários e iluminação à guarda do Atlético Futebol Clube do Vale de Santarém, por um ringue polivalente para a prática de outras modalidades como futsal, andebol ou basket que aguarda requalificação por parte da Câmara Municipal de Santarém.

Existe também um importante Clube de Caçadores, um Clube de Pesca com grande número de praticantes bem como um Centro Hípico na Quinta da Fonte Boa, infelizmente desativado desde que a Coudelaria Nacional foi deslocada para Alter do Chão.

A freguesia é servida ainda por duas importantes colectividades: a SRO – Sociedade Recreativa Operária fundada em 1929, a qual promove a prática de desportos de salão (bilhar, ténis de mesa, chinquilho, ginástica, etc.) eleva a prática a realização de espectáculos de teatro, concertos e bailes; E pelo Rancho Folclórico do Vale de Santarém, que tem desenvolvido desde 1956 um importante e incansável trabalho de formação e divulgação das danças e cantares da nossa terra.

 

A Solidariedade Social está presente em força no Vale de Santarém. Nada menos do que cinco instituições de solidariedade traduzem de forma muito clara as preocupações de ordem social e a capacidade de pensar e de se dar aos outros que o povo do Vale sabe manter e vivificar. São elas a APPACDM com dois espaços e duas valências especialmente dedicadas à formação básica e profissionalizante aos cidadãos com deficiência mental e mais recentemente com actuação importante pela prestação de serviço de Cantina Social e também como "extensão" do banco Alimentar Contra a Fome. O CES da Fonte Boa dedicado inicialmente aos filhos dos empregados da EZN, mas hoje em dia aberto a toda a população garantindo apoio domiciliário a idosos e também com ATL em funcionamento que recebe 18 crianças. A ARPIVALE – Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos do Vale de Santarém que se dedica ao apoio à 3ª idade e tem actividade intensa e meritória nesta área tão importante. Também a Caritas, organização ligada à Igreja Católica, desenvolve um importante trabalho em prol dos mais carentes e necessitados, assim como a Santa Casa da Misericórdia de Santarém que presta apoio domiciliário a idosos.

Por fim a actividade económica, que congrega dezenas e dezenas de pequenas e médias empresas quer no sector primário com várias empresas de média dimensão na actividade agrícola e pecuária, quer no sector secundário com inúmeras oficinas de carpintaria, metalo-mecânica, serralharia, bate-chapas e pintura de automóveis e ainda no sector terciário com comércio automóvel, um centro de inspeções automóvel, e o mais variado comércio apoiado por uma Agência Bancária, mediação de seguros e um Posto de Correios.

Lido 1886 vezes

Freguesia de Vale Santarém
Avenida Poeta João d'Aldeia, nº 4
2005-422 Vale de Santarém

Serviços

Facebook

IR PARA
TOPO
Our website is protected by DMC Firewall!
Utilizamos "cookies" para melhorar o desempenho e a sua experiência como utilizador. Ao continuar a utilizar este site estará a consentir a sua utilização. More details…